quarta-feira, 7 de julho de 2010

Me chama de lagartixa.

Não escondo quando sou fã de alguém. Tem um colega aqui na delegacia que exerce um fascínio sobre mim e sabe disso. E eu peço: "me ensina", "me ajuda", "me faz ser como você", mas ele não me dá a mínima atenção. Por um milhão de vezes saiu andando e me deixou falando sozinha. Ele me deixa sem respostas. Me deixa querendo. Dizem que é o jeito dele e ele pode ser o que ele quiser, porque ele é um agente bem mais experiente. Ele é um líder. Ele sabe. Ele simplesmente é. Já dei todas as dicas desse mundo, diretas e indiretas pra ele me levar pra trabalhar com ele naquela seção. Diz que me quer, mas não age. Acha que tenho potencial, mas me falta a bendita experiência. Certa vez, comentou com um outro agente nestes termos "Quando tiver uns dez anos de casa ela será uma ótima policial". Dez anos... é tudo o que ele tem a dizer a meu respeito. Então eu me alimento das migalhas que caem da mesa dele, como uma lagarta que não vê a hora de se transformar em borboleta.

Um dia, me chamou pra acompanhá-lo em uma visita muito importante. Entenda que se ele faz é porque é importante, senão ele mandava outro e ele manda muito bem. Chegamos ao gabinete de um político muito bem relacionado, mas terrivelmente encrencado. Nos identificamos formalmente e todas as portas se abriram, porque o figurão precisava da gente. Arrego! Como o mundo muda quando a polícia é necessária! Sentamos os três pra discutir um problema. Sabe quando você só pensa em não cometer nenhuma gafe e não atrapalhar nada? Não demorou pra eu chegar à conclusão de que era melhor ficar caladinha, pequenininha, conformadinha. Enquanto colocava a situação, o político deixava bem claro que a palavra "polícia", pra ele era sinônimo de "capacho para meus caprichos" dizendo: "Façam assim e assado, não quero que seja deste nem daquele jeito..." Até que encerrou o discurso com uma pergunta: "Estão entendendo bem?" Congela. E antes que eu me levantasse e fizesse uma continência gritando "Sim senhor!!!" (de onde tirei essa continência?!), meu colega, que ouvia tudo com cara de paisagem, fez uso da palavra. O que ele disse, num resumo prejudicado pela minha parca capacidade de síntese, foi isso: "Faremos o trabalho que nos compete do nosso jeito, ou seja, do jeito da polícia e não do seu jeito, excelência".
Todavia, meu colega era tão seguro, tão adequado, tão bem preparado, tão profissional, tão convincente, tão senhor da situação, tão incisivo, tão capacitado, tão eloquente, tão educado, tão nobre, tão articulado, tão necessário, tão MBA, tão forte, tão príncipe, tão perfeito, tão bonito, tão Jack Bauer que o político foi mudando o tom de voz e passou a nos perguntar como ele deveria proceder pra colaborar. Cruzei os braços, corrigi a postura para o modo "a-polícia-é-f.era" e assisti de camarote a dinâmica da conversa mudando ali na minha frente. Agora o figurão pedia a nossa autorização para fazer alguma coisa que nem nos cabia autorizar... e quase pede desculpas por ser um... político! Era um verdadeiro espetáááááculo de arena e meu colega Jack Bauer levantou-se viril, abotoou o terno Jack Bauer dele e saiu de cena com a mesma elegância Jack Bauer com que entrou, como se ser Jack Bauer pra ele fosse fácil, uma coisa banal. A fotografia que faço de meus 1,78 m de altura (O.k , eu tava de salto... Tá bom, um salto enorme!) ao lado desse colega gigante ao despedirmo-nos é a de uma grande promessa. Ele vai ter que me ensinar, ah vai.

200 comentários:

  1. Wow!!!
    Eu também o colocaria contra a parede...
    O conhecimento precisa ser dividido...
    Viraria um chiclete se precisasse...
    Hehehe...
    Não perde ele de vista, garota!!!
    Hehehe...

    Bjs

    P.S.: Tem um desafio no meu blog pra ti...

    ResponderExcluir
  2. Bah, com ele parecendo o Jack até eu fiquei com vontade de entrar pra policia, amiga..... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Beijossss

    ResponderExcluir
  3. Eu descobri tardiamente que experiência era uma coisa que eu tinha desde muito tempo quando eu nem acreditava que tinha. Quanto mais seguro a gente é, mais a gente bota pra fora a tão propalada, decantada, exigida experiência. Quando não há medo de errar, ela manifesta-se, mesmo com a gente errando. Afinal, os considerados supra-sumos da experiência e do saber também erram. A diferença, a meu ver, está na segurança interior. Pra cima! Sempre! Você é "fera" ! Abraço grande. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHAHAHAHA... Jack Bauer é ótima!!
    Dizem por ai que só nao choveu ainda em 24 Hrs pq Jack Bauer não deixou kkkkkkk...
    Você sabia que a gente aprende mais observando do que ouvindo não é?
    Esperai, quem sou eu pra falar isso? Acho que perto de você devo ser um muleque hahahha!
    Mas para todos os efeitos, acho que você já aprendeu bastante coisa no seu primeiro "serviço" com ele! Apenas Observando!
    Então daqui um tempo, acho que vou poder te chamar de Jane Bauer, ou Jane Reese (se você for uma viciada em LIFE), ou então Beckett (se voce assistir Castle, que particularmente, sou fã :p).
    Mas enfim, deixando o papo Nerd pra lá...
    Muito bom texto, acho que de tanto ler os seus estou virando Cronista também hehehehe...

    Té Mais, Cop!

    ResponderExcluir
  5. Boa Rebeca!

    Vou grudar no pé dele 24 horas!!!
    kkkkkkkkkkk
    Pode deixar que ele tá na minha mira.

    Beijo, linda!
    Vou lá conferir!

    ResponderExcluir
  6. Miss Simpatia!!

    Pode vir, linda! Estamos precisando de reforços!
    rs rs rs

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  7. Acho que esse fascínio pelo Sr.Bauer aí vai acabar virando outra coisa...

    ahahahahahahaha...

    ResponderExcluir
  8. Oi Cacá!!!

    Nossa, muito obrigada por dividir sua experiência comigo!

    Cacá, acho que ousadia não que me falta e creio que disfarço muito bem minha insegurança de novata. Mas é muita coisa pra aprender, querido! Existem muitos campos distintos de atuação na polícia. O mundo da investigação, por exemplo, é bem diferente de segurança de dignitários, que é muito diferente da área de inteligênica policial, embora elas estejam interligadas. Acho que é bom ter uma visão clínica-geral da coisa, mas também quero me especializar em algum ramo e fazê-lo bem.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  9. Olá Vanrogue!!!

    Ótima essa da chuva!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    E você sabia que a arma de Jack Bauer não tem silenciador porque é ele mesmo quem manda ela ficar calada??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Sim, eu sei. A gente aprende melhor observando exemplos. E eu sei que preciso aprender logo porque um dia os novinhos estarão me observando, também.

    Puxa... quantos personagens!!! rs rs rs algum problema com a Eva Longoria no papel dessa novata da foto em "A sentinela"?

    : )

    Beijos, querido!
    Obrigada por ter vindo!

    ResponderExcluir
  10. Senhor(a) Anônimo(a)!

    Antes de mais nada:
    Ahahahahahahahah

    O coração dele já tem dona... : )
    ...e o meu também.

    Obrigada pelo comentário!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  11. projeções e introspecção, percebeu


    beijo

    ResponderExcluir
  12. Hahaha! Eu me amarro nesses seus relatos! É tão bom saber que existe um Jack Bauer real na polícia! Sorte sua estar perto dele para aprender. Se inspirando nele, quem sabe você se torna aquela para a qual até as nuvens dão licença para o sol te iluminar melhor, rsrsrs.
    Abração, Mulher na Polícia!

    ResponderExcluir
  13. Ter aspirações já é mais que meio caminho andado. Tenho certeza que você vai aprender e ser a melhor no seu próprio estilo.

    beijos

    PS: Você é alta heim!!! Ou o salto tinha mais de 5 cms?

    ResponderExcluir
  14. Caramba que doido.
    Juro que tô arrepiada. Imagina, um Personal Jack Bauer...

    Fantástica essa postagem, juro que imaginei a cena.

    Bjos

    ResponderExcluir
  15. 'Todavia, meu colega era tão seguro, tão adequado, tão bem preparado, tão profissional, tão convincente, tão senhor da situação, tão incisivo, tão capacitado, tão eloquente, tão educado, tão nobre, tão articulado, tão necessário, tão MBA, tão forte, tão príncipe, tão perfeito, tão bonito, tão Jack Bauer' (...) - Me apresentááááááá!!! Kkkkk

    P.S.: Mandou muitíssimo bem no salto alto enooorme de grande!! ;-)

    (Sobre as 4 horas... Bom, o ideal é que se faça a análise completa em um único encontro que pode durar até 4h... =/)

    Beeeeeeeeeejo!

    ResponderExcluir
  16. Que homem poderoso! Ui! Hahahaha.
    Parece coisa de filme. =P

    Beijo.

    ResponderExcluir
  17. Eh...eh...eh...
    O cara é tão pefeito assim???
    Apresente-me.
    Acho que vou virar policial também...
    Beijos Mulher Maravilhosa.

    ResponderExcluir
  18. Olá, meu querido Assis!!!

    "Projeções, introspecção..."

    ... timidez, insegurança, medo, vontade, sede, admiração, promessa, planos... INEXPERIÊNCIA!

    : )

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Existem vários, Eric!!!

    O fato de a polícia brasileira, com esses salários, com tantos problemas e limitações ainda conseguir bons resultados... é graças a todos os policiias "Jack Bauer" que sem reconhecimento nenhum procuram fazer bem o seu trabalho.

    Sorte nossa ainda ter gente assim na polícia brasileira.

    Beijo, querido!
    Adoro quando você vem!

    ResponderExcluir
  20. Uiii!
    (é tudo o que consigo pensar!!)


    ahahaha...

    é eu tinha uma chefe assim! A mais nova das advogadas do escritório, todo mundo falava mal, pois ela era muito metódica; um dia, ela senta na minha frente com a outra advogada mais velha (que se acha!) e começa a dar uma aula sobre o processo.
    Fiquei pasma. Calada. Surpresa.
    Me senti plnatinha, mudiiinha!!
    Queria ser "igual-que-nem" ela.
    Até que ela arrumou outro emprego melhor, e me abandonou aqui! =´/

    Mas eu sempre me lembro dela! *-*
    Ela era o meu Jack Bauer! Hahahahaa


    Bjooos!!

    ResponderExcluir
  21. Oi Mari, minha linda!!!

    Hahahahaha "Personal Jack Bauer" é ótima!!!

    Foi sem dúvida uma experiência marcante, Mari. Inesquecível. Eu até tinha escrito no texto que me arrepiei durante a fala do meu colega, depois apaguei. Dei uma enxugada geral, porque tava muito grande.

    Um beijão querida!
    Que o texto te motive mais ainda para os estudos.

    ResponderExcluir
  22. Quando fiz meu curso de comissária de voo, tive uma professora que deve ter sido a melhor comissária do mundo, elegante, delicada e forte ao mesmo tempo... um dia falei pra ela que gostaria de ser metade de quem ela é, ela agradeceu e me disse que eu não tinha que ser metade de quem ela é, mas tinha obrigação de ser eu por inteira... nunca esqueci isso...

    Conviver com pessoas assim é muito bom né?

    bjinhos pra vc

    ResponderExcluir
  23. MEnina! Gruda nele que nem catarro na parede e depois imita uma sanguessuga e absorve tudo mesmo que ele te ensinar e até o que ele não quiser! Você é capaz. Percebo isso nas suas palavras.

    Beijos na alma!
    Layla Barlavento
    culpadowalter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Oi Ana!!!

    Não é mesmo de parar o trânsito???
    rs rs rs

    Mas ele deve ter seus defeitos, sim, e deve ter comentido muitos erros no começo. Talvez seja por isso que ele se faz de inacessível, pra deixar a gente na ilusão de que ele é perfeito.

    Um beijo, querida!

    ResponderExcluir
  25. Oi Dra. Érica!!!

    Eu preciso achar o meu ramo e o meu rumo na polícia, linda. E depois me especializar e ser boa nisso. E aí sim, achar o meu estilo de ser dentro de tudo o que é normalmente impresso na gente.

    Poucas pretensões as minhas, né?

    rs rs rs

    ResponderExcluir
  26. Oi, Dani querida!!!

    Aqui tem uma implicância geraaaaaal com o salto alto nosso de cada dia, linda... Mas de vez em quando, pode.

    (Oi!! Tem missão de correr atrás de bandido, correr de cachorro, pular muro... e tem missão onde - licença geral - cabe super bem um salto alto. Era o caso).

    O problema, linda não é as 4 horas, ficaria até 24 horas, o que tem tudo a ver com o Jack Bauer kkkkkkk. It's a far away question...

    That's O.K., don't worry.

    1x4u!

    ResponderExcluir
  27. Oi Érica!!!

    Pois é... eu queria fazer só um curta-metragem assim, de vez em quando... hehehe

    Mas eu só tô pegando esses papéis coadjuvantes.
    kkkkkkkkkkk

    Ai, ai... valeu linda!
    Beijão.

    ResponderExcluir
  28. Pode deixar, Gigi.
    Tenho muito tempo ainda até me aposentar.
    : )

    Eu chego lá.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  29. Olá Penelope!!!

    Que bom que você voltou, linda!!!

    Obrigada por me contar a sua história que parece mesmo com a minha. Acho que muita gente tem histórias semelhantes pra contar de pessoas que se tornam em inspirações para outras quererem ser melhores profissinais, né Pê... Essas pessoas têm um papel de influência muito grande e devem usar isso sempre para fins nobres.

    Legal isso, não?
    Um beijo pra ti, moça!

    ResponderExcluir
  30. Oi mocinha Nada Complicada!!!

    Eu sei linda, da história do seu curso. Eu me lembro de vários posts que você escreveu sobre isso. Obrigada por compartilhar, com exclusividade, esse episódio comigo.

    Imagino como ela deve ser incrível! Porque além de ser assim, tão capacitada, ainda é amável, simpática e humilde (característica que está tão extinta nos dias de hoje).

    Lindinha, sempre que você estiver desanimada com seus projetos e planos, lembre-se da "Comissária Jackie Bauer". Se inspire nela e bola pra frente!

    Um beijo...
    (Saiba que eu torço muito por você!)

    ResponderExcluir
  31. Ahahahahaha
    Layla!!!

    Sanguessuga, lagartixa, lagarta virando borboleta - isso aqui virou um zoológico de horrores! kkkkkkkkkk

    Ai, que nojo!rsrsrs

    Como você tá amiga??? Tá se recuperando direitinho??? Já voltou a trabalhar???

    Então, queria tanto trabalhar na seção dele amiga... tanto!!! Quem sabe um dia, né?

    Beijos, linda, muito obrigada por ter vindo.
    Cuide-se bem!









    MEnina! Gruda nele que nem catarro na parede e depois imita uma sanguessuga e absorve tudo mesmo que ele te ensinar e até o que ele não quiser! Você é capaz. Percebo isso nas suas palavras.

    Beijos na alma!
    Layla Barlavento
    culpadowalter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Olá Mulher na Policia!
    A experiência só se adquire com o tempo
    naturalmente, mas a personalidade forte essa pode ser logo no inicio de qualquer profissão.
    E o senhor Jack Bauer pôs esse político a falar fininho,talvez por conhecer o caminho escorregadio, por onde passam os políticos.
    Aqui alguns polícias que eu conhece, só são fortes, com aqueles que são mais fracos,
    ainda bem Jack Bauer por ai.

    Eu também sou um delinquente,já muito experiente.

    beijinhos,
    José.

    ResponderExcluir
  33. A descrição desse cara me fez lembrar muito mais o House do que o Jack Bauer! haha

    Tem pessoas que nos fascinam, diuro é discernir quando estamos nos rebaixando demais...

    ResponderExcluir
  34. diz aííííííííííí muié! (jeitinho cearense de cumprimentar Kkkk...)

    Ao terminar de ler esse texto vejo como é bom conviver com pessoas assim no nosso ambiente de trabalho.

    São de pessoas assim que tem realmente o que nos ensinar que a gente tem que estar sempre perto e não daquelas que só sabem dizer... "Vocês nunca serão" (Sabe do que eu tô falando, não sabe?)

    O importante é a vontade que cada um tem dentro de si...

    "Se amanhã o que eu sonhei não for bem aquilo, eu tiro um arco-íris da cartola. E refaço. Colo. Pinto e bordo. Porque a força de dentro é maior.Maior que todo mal que existe no mundo. Maior que todos os ventos contrários.É maior porque é do bem. E nisso, sim, acredito até o fim." (autor desconhecido mas TAJ! KKK...)

    ResponderExcluir
  35. Não tenha pressa de virar borboleta... a vida delas é tão curta.
    um beijo

    ResponderExcluir
  36. Sou fã do Jack Bauer, especialmente na capacidade que ele tem de controlar o próprio metabolismo. Não é fácil ficar sem comer e sem ir ao banheiro durante vinte e quatro horas hehehe

    Enfim! Apesar da insistência das pessoas no "seja você mesmo" não sei o que, não sei o que, ainda há que se reconhecer que o "ser eu mesmo" depende também da observação de outros, que também são eles mesmos. Também sou fã de muita gente! E busco deixar isso bem claro para a própria pessoa e para todos os outros.

    Excelente texto, Novinha!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  37. eu adooooro!!!! hehehee
    Obrigada sempre pelo carinho lá no blog, vc é mesmo uma amor!
    sou sua fã!

    Mil beijinhos!!
    Kira

    ResponderExcluir
  38. Não sou muito fanática por esse seriado...
    mas adoraria passar 24 horas com o Jack Bauer..

    "...Quem nos deu asas para andar de rastos?
    Quem nos deu olhos para ver os astros
    Sem nos dar braços para os alcançar?!..."
    Lindo né...é Florbela Espanca...
    Que flutua no meu blog...
    E espera por você...
    Beijos...
    Leca...

    ResponderExcluir
  39. Olá José!!!

    Olha, eu odeio admitir isso, mas embora eu me considere uma pessoa de personalidade forte e princípios bastante bem arraigados, se eu tivesse ido sozinha àquela reunião o resultado não seria o mesmo. Eu preciso aprender muito ainda. Algumas missões são muito delicadas.

    Ouvi num filme esses dias que "Não se manda uma ovelha para tratar com um lobo".

    : )

    Um beijão pra você, José!

    ResponderExcluir
  40. Oi Thunai!!!

    Rs rs rs - Talvez ele seja uma mistura dos dois personagens.

    Concordo! Não podemos nem nos rebaixar demais desprezando o que já conquistamos nem nos exaltar tanto ao ponto de não reconhecer nossas limitações, deficiências e necessidades.

    Só um coração sábio nos garante uma auto-imagem sadia e sabedoria nem sempre vem com a experiência.

    Alto nível seu comentário!

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  41. Oi Sarah!

    Sim linda, é uma pessoa que me motiva pelos exemplos que dá de profissionalismo. Porque a maioria que eu vejo aqui não me inspira nem um pouco, pelo contrário, me fazem pensar muito em cada passo que dou no dia-a-dia, pra evitar um dia ser igual a eles.

    O que singnifica "TAJ"?

    : )

    Beijinho, linda!
    Valeu demais sua visita!

    ResponderExcluir
  42. HAHAHAHAHAHAHAHA... nada contra a Eva, mas é que eu falei mais sobre as mulheres que são chefes, sabe :p
    Se você nunca viu, vai a dica de duas series: LIFE e Castle, ambas policiais.
    Eu aprendi a observar com um cara, e hoje acho que sou mais excentrico que ele hehehehehe... mas sou um otimo observador :p
    Modestia a parte hahahahaha

    ResponderExcluir
  43. KKKKKK!!!

    Muito engraçado o seu modo de contar a história!!! Parabéns pelo texto!!

    Bjo pra vc!!

    ResponderExcluir
  44. Que sorte a sua ter um desses tão pertinho heim!

    É de arrepiar mesmo!

    Quero mais saber quem é esse cara do que quem é você....rs...

    Me contendo....


    Espero ter uma sorte parecidaaaa..

    Um beijo grande querida!

    ResponderExcluir
  45. Bacana isso... mas se eu fosse teu namorado, iria ficar bravo com tanta rasgação de seda... mas sei que os antigões feras realmente despertam a admiração dos novinhos...

    Bjocas pra vc!

    ResponderExcluir
  46. Oi Gio!!!

    Nossa! Você falou igualzinho a minha mãe.
    : )

    As borboletas têm a vida curta mesmo.
    Mas vida é curta pra todo mundo, não?

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  47. Oi Fernando!!!

    Isso é que é gerenciar bem o tempo, não? rs rs rs Dizem que uma das 24 frases mais ditas em todas as temporadas da série é justamente "I don't have time for this!" Mas fique tranquilo sei que não devemos tentar fazer isso em casa...
    : )

    Beijinho!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  48. Kira!!!

    Oi moça! Eu que agradeço.
    Adoro você "desfilando" por aqui.
    : )

    Beijos!

    ResponderExcluir
  49. Oi Leca!

    É, linda, ele faz muuita coisa em 24 horas, né??? Tem que ter um bom pique pra acompanhar o moço! Ahahahahahaha

    Você é ótima!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  50. Oi Vanrogue!

    Acho que ainda não vi. Mas valeu pela dica! Vou pesquisar os horários parece muito interessante.

    Bom das mulheres policiais das séries gosto muito da Maritza Cruz, personagem interpretada pela Tia Texada em Third Watch! Ela tem personalidade! rs! Sabe?

    Puxa... Tão legal quando você vem!
    : )

    Beijos!

    ResponderExcluir
  51. Oi Futuro PF!

    Engraçado, né??? Deixa que daqui a alguns dias é você quem vai estar contando essas histórias por aí... rs rs rs

    Valeu pela força, querido!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  52. Oi Vitão!!!

    VC TÁ COM CIÚMES???
    Ahahahahahahahahahahahahahaha
    NÃO ACREDITO!!!

    Fica frio porque, por mais incrível que possa parecer, ele não sabe desse blog. Vc sabe... Homens não sabem guardar segredo!

    Ai, ai... muito engraçado!

    Olha, de vez em quando ele tem umas crises de ciúmes, mas eu faço ele esquecer.
    : )

    Some não moço... eu já tava triste, achando que você havia abandonado a vida virtual.

    Um beijo meu com todo carinho pra você, ciumento!

    ResponderExcluir
  53. Bem... pra eu te explicar o que é TAJ no meio em que trabalho vou te dizer primeiro o que é o contrário disso que é TAN. TAN é algo ou alguém que seja ruin, péssimo, chato, desmotivador... Já TAJ é algo que seja tudo de bom, ótimo, interessante, motivador (como o meu autor desconhecido e o seu colega antigão)e M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O como Jack Bauer!!!!!
    (desculpa, não resisti!!!! kkk...)

    bjão linda!
    ah... dá uma passadinha no meu blog e olha o vídeo que fiz... tô tão carente de comentários...kkk

    ResponderExcluir
  54. To com ciumes mesmo, fazer o que? heehehehee

    To ficando bom na 11343...se precisar de ajuda nessa area ai, so falar... quem sabe nao ganho uma admiradora secreta tambem, ne?
    bjos

    ResponderExcluir
  55. ah... te linkei lá no meu blog... o pagamento pelo o espaço é bem simples e facilitado:

    1º Visitas rotineiras ao meu blog
    2º Comentários rotineiros também né? Não custa nada (kkk... folgada eu, hein?)
    3º Doses extremas de simpatia (convenhamos, isso não é difícil pra você)
    4º Doses de satisfação dada a mim a cada leitura em uma nova postagem sua! (isso voce tira de letra!)

    bjão!!!!

    ResponderExcluir
  56. Oi M.enal.i!!!

    É linda... viver de migalhas, né, porque ele tipo nem me considera...
    : (

    Agora já que o Vitão entrou no assunto, eu tenho é trauma com esse tipo "homem de outro planeta" (trocando figurinha de mulher pra mulher rs). Quando eu tinha 15 aninhos, levei um fora traumático de um desses seres intocáveis. Sofri horrores, achei que ia morrer e que nada mais fazia sentido. Jurei que daquele dia pra sempre eu seria mais discreta, iria arriscar menos... ha.. Nada! Eu sou assim, amiga, se sou fã, não consigo esconder. rs rs rs Mas vamos deixar claro que aqui a situação é meramente profissional.
    ; )

    Aí... viu? Já estou aqui abrindo o coração pra você. Quem manda ser "receptiva, simpática e compreensível"? rs rs rs... (acabei de ler seu texto!)!

    Beijão, linda!

    ResponderExcluir
  57. Oi Sarinha!!!

    Ok... copiei... Tango Alfa Juliet!
    rs rs rs

    Achei o máximo, saber que uma militar da PMECE está lendo o meu blog!!! E ele??? É PM também??? Parece!
    : )

    Mas é claro que eu vou lá, sim!!! Linda, obrigada por ter me linkado lá. É uma honra. E obrigada pelo carinho, e negócio fechado!
    rs rs rs

    Se eu fosse PM e trabalhasse no Ceará adoraria fazer parte da companhia que trabalha nas praias... de preferência de biquini!!! haha

    Beijos, minha linda!
    (Já, já eu dou um pulinho lá!)

    ResponderExcluir
  58. Vitão!!!

    Mais fã sua do que eu já sou?!? Estamos quase montando um fã-clube pra você. Olha que time: Eu a Tibi e Elane!!! ahahahaha

    Só falta o nome do fã-clube: "Victorianas" ou "Victoretes"?
    : )

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  59. Como é mesmo que a gente faz para falar com ele? Acho que estou correndo perigooooo! ahahahaha
    É bom quando temos alguém que nos inspira, não é? Pessoas que admiramos e em quem queremos nos espelhar.

    Tava com saudade daqui.
    Andei ausente, mas estou de volta.

    Beijo grande, flor!

    ResponderExcluir
  60. Sanzinha!!!

    Amiga, eu poderia até te dar o número do telefone celular dele, mas olha, nem adianta porque as 24 horas desse moço já estão comprometidas, tá?
    kkkkkkkkkkk

    Que que vc andava fazendo?
    Hummm... provas e trabalhos de final de semestre, imagino... Que bom que as férias chegaram, né?

    Um beijo, linda!

    ResponderExcluir
  61. Oi querida!!!
    Amei seu post (pra variar... rsrsrs)
    Sou como você, sabia? Quando sou fã de alguém, quero estar perto para aprender tudo o que puder. Tem coisa mais gostosa que isso?
    Admirar, aprender, reconhecer as fraquezas e saber que pode se tornar uma profissional melhor....
    Adoro você.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  62. Ai...!

    Postei um comentário tãão legal!: calmo, bem escrito, pausadamente, como merece a dama que vc é.

    Sumiu tudo...!
    Não esperei para digitar a palavraa de verificação. Tenho feito isso últimamente.

    Tentarei me lembrar do importante:


    'Mulher

    Fui o primeiro a comentar este post, mas, por alguma indelicadeza, ou, erro meu apertar a tecla errada, não apareceu.

    Quero dizer que que a leitura de seu texto nos leva a uma opnião: excelente!
    Vc atingiu uma excelência em sua escrita que não é comum.

    Creio que, quando se aposentar, vc poderá fazer o que fez Ian Flemming: tornar-se escritora.
    Ele também fazia parte de um órgão governamental de segurança, era um funcionário de Vs. Majestade, público.

    Sua 'história': não há o que comentar...; extremamente bem escrita; parece um roteiro de cinema (coisa difícil de se fazer).

    Um grande abraço de seu civil fã.

    PS.: Vc é alta, hein?
    :)"

    ResponderExcluir
  63. Olá... Estive lendo o seu espaço e gostei imenço.PARABENS e continue.
    Conheça os meus em;
    www.minhaalmaempoemas.blogspot.com
    www.queriaserselvagem.blogspot.com
    www.congulolundo.blogspot.com

    Seja meu seguidor e tente deixar seu comentário onde outros não deixaram. Leia o meu perfil para saber o que sou.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  64. Oi Aline!

    Querida, se a gente critica tanto os maus exemplos e os divulgamos com tanta força por aí, por que não celebrar respeitáveis comportamentos como esse, não é verdade?

    A sua presença também é sempre muito celebrada.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  65. Oi Sylvio,

    Foi com você que falei por último ontem e é um dos primeiros com quem falo agora de manhã. Obrigada pelo trato afetuoso comigo. Você é um gentleman. Eu vou guardar com muito carinho as suas palavras no coração.

    Eu não sou alta, o salto é que é.
    : )

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  66. Olá, José Sousa.

    Eu já conheço seus blogs.
    Vivo comentando por lá.
    Obrigada pelo comentário aqui.

    bj.

    ResponderExcluir
  67. Mais que Senhor das Ações. Se ele for desse jeito em sua vida, do mesmo modo que no trabalho, desse jeito que vc o descreve...então eu quero ser como ele quando crescer...
    =D

    ResponderExcluir
  68. Oi Rafiki!

    Levantou uma questão interessante. Tem gente que dá show no trabalho e é um fracasso como pai, marido, filho, amigo e tal.

    Você me surpreende e me faz pensar.
    Obrigada!!!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  69. Wow! Esse tipo ai eh daqueles que arrasa, ne? Tira o folego da gente...ai,ai.

    ResponderExcluir
  70. Ele é sim...
    Sr. e Sra Smith (pense...kkk...)
    De biquine nas praias cearenses? Assim vc mata os guardas! kkk...
    bjus

    ResponderExcluir
  71. Oi Elis!

    Que bom que veio.
    Ele é bom!
    Mas deixa quieto porque os meninos estão ficando com ciúmes.
    rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  72. Sarah!

    E quem tem que prestar continência para o outro primeiro? rs rs rs

    Hummm... pelo seu vídeo eu acho que ele faz continência de joelhos pra você...
    : )

    Beijinho, linda!

    ResponderExcluir
  73. Nussa... deve ser o máximo ser o cara naquilo que se faz... ter domínio sobre os desafios, etc... isso deve ser legal.

    ResponderExcluir
  74. Oi querido,

    Bom dia! Deve ser. Me diz, e quando a mulher é top no que ela faz... ela é "O cara" ou "A cara"? rs rs rs

    Beijinho!!!

    ResponderExcluir
  75. Novinha, esse seu lado milico vive te entregando, né? rs Uma hora é o coturno, outra a continência. Que maravilha!!! rs

    ResponderExcluir
  76. Querido!!!

    Pra você ver, Lago, que eu não sou preconceituosa... como querem me ver alguns... kkkkkkkkkkkkkkk

    Assisto filme demais. Dá nisso.
    : )

    Mas, olha, pra você estou sempre em posição de sentido.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  77. hoje num guento....sempre me pergunto se é verdade tudo isso. Não que tenha importância, pq adoro o texto as peripécias...mas me pergunto.

    Olha, vai na sombra do mestre, só não despenque naquele ditado.

    " me joga na parede feito largaticha, me bate, me chama de meu bem"
    kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  78. Oi Walkyria!!!

    ahahahahahahahah
    Esse ditado é perigoso! hehehehe

    Você sabe que ontem eu li um comentário seu (brilhante por sinal) no blog de um parceiro meu e pensei... "que inveja! 'porcaudiquê' que ela não comenta no meu também??? Snif, snif" E olha só que surpresa maravilhosa. rs rs rs

    Minha linda... licença poética à parte... por mais que eu queira confirmar a veracidade do que narro aqui, a sua dúvida pode me ser bastante conveniente. Porque se você duvida, a inteligência e a corregedoria da polícia também duvidam, né?

    Sabe como é... todo policial tem que deixar guardadas algumas cartas na manga.

    Mas pode deixar que eu vou colar nele feito lagartixa. kkkkkkkkkkkkkkkkk

    Beijos! Valeu!

    ResponderExcluir
  79. Acho que os dois tipos de textos são difíceis de escrever. Parece que sempre fica algo por dizer, e isso que é a agonia, rs.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  80. Oi, minha flor!

    Interessante! Obrigada pela gentileza de vir aqui pra responder.

    Bom... eu não sei, mas suspeito que, até por imaturidade literária, mesmo escrevendo em terceira pessoa eu acabaria sendo auto-biográfica. rs

    E eu ficaria agoniada se dissesse tudo e não houvesse mais o que escrever. Estou me viciando nisso, mulher. Socorro!
    : )

    Beijos!

    ResponderExcluir
  81. Vou te dizer uma coisa, adorooo o seu jeito de escrever, se não fosse da polícia ia ser famosa pelos livros...se bem que, seu blog um dia pode virar livro não é mesmo?
    Mas, se o "deus" já te levou com ele é pq tá já esta querendo te ensinar, não acha?
    Mas gruda nele mesmo :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  82. Bah! Mande esse cara para chinelas, mostre o teu POTENCIAL, sai do salto e pise firme, dez anos é muito tempo... rssss. Bjos.

    ResponderExcluir
  83. Que seu dia seja belo...


    Que tenha sorrisos, suspiros e abraços.
    Sinta pelo menos uma gota de alegria,
    Desfrute do caminho, conte os seus passos.
    Olhe o céu, as nuvens brancas
    Sinta o vento soprando o rosto
    Renove as velhas esperanças
    Prove novos sabores, um novo gosto.
    Distraia-se, não faça nada
    Pelo menos, um minuto esqueça
    Das vozes, dos sons, das estradas...
    Ore, por aquele que mereça.
    Se doe, de alma e coração
    Ou não, mas também não faça nada mau.
    Olhe nos olhos, deixe fluir a emoção
    Não perca, a paixão, pois o corpo é mortal.
    O que temos são apenas sentimentos,
    Vontades, desejos e sonhos.
    Vivemos de bons momentos,
    Fantasias, visões e planos.
    Mas de nada vale, se não temos um bom dia
    Pois a vida é a soma de cada um
    E na soma dos dias,
    o saldo positivo é o que tem de ficar.
    Então... que você tenha um ótimo dia,
    uma ótima vida !!

    (texto da net).

    bom domingo.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  84. Oi Cindy!!!

    Nossa! 'Brigadão, amiga! Você é sempre muito fofa assim??? rsrsrsrsrs

    Talvez eu devesse mesmo procurar outra profissão, né linda, afinal esperar uns dez anos pra "ser uma ótima policial" não dá, né? Mas escritora?!? Xiiii Põe aí mais uns 30 anos e olhe lá. Ahahahahaha

    Minha linda, ele é marrento, mesmo. Deve ter apanhado muito pra aprender, talvez seja essa a explicação para sua tendência à pedagogia experimental, né??
    : )

    Um beijo, querida!

    ResponderExcluir
  85. Oi Eder!!!

    Que bom que você voltou!!!

    Péra aeee!!! Não empurra não!!!
    Ahahahahahahaha

    E você acha que eu estou tentando fazer o quê, moço??? Só se eu render o delegado e fazer ele me mandar para todas as operações "bala" da polícia, né??? kkkkkkkkkkkkkkkk

    Meu querido, você não está entendendo. Eu sou voluntária até pra levar o lixo pra fora... kkkkkkkkkkkkkkkkkk Tá feio o negócio!!!

    Valeu pela força. Adorei!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  86. Oi Ana, querida!
    Adoro sentir o vento batendo no rosto e bagunçando o cabelo.
    : )

    Beijos!

    ResponderExcluir
  87. É sempre bom ter pessoas ao nosso redor em que a gente possa se espelhar. Seja na vida pessoal,seja na vida profissional.

    Melhor ainda quando somos correspondidos pela pessoa,nos ensinamentos,em uma palavra,uma atitude etc. Só pela moral que o seu Jack Bauer te deu,chamando para acompanhá-lo em algo importante,quer dizer que confia em você e quer te passar a experiência dele.

    Ter bons profissionais assim no ambiente de trabalho é sensacional,os olhos chegam a brilhar quando você vê um cara que admira em ação. Gostei muito deste post,me fez lembrar bastante coisa.

    Falando em Jack Bauer,eu,como bom novinho sou fã da série. Uma pergunta: Quem ganharia o duelo entre Chuck Noris e Jack Bauer?

    -----------------------------------------
    Mulher na Copa

    Está difícil fazer previsões nesta Copa,não acertei quase nada. Como campeã vou de Espanha (junto com o polvo haha),artilheiro fico com Forlan e Villa empatados.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  88. Federal e Civil!!!

    Poxa... quando é que você vai me contar sobre as suas histórias? Injusto isso. Só eu que conto as minhas...
    : )

    Pois é!!! Olha, eu fiquei me perguntando porque ele me chamou pra acompanhá-lo. Pra dirigir pra ele não foi... (rs) porque ele foi conduzindo. Será que ele acha que eu tenho cara de "acompanhante"?

    o0
    _

    Ah... seria um páreo duro... mas você se esqueceu de mencionar o Capitão Nascimento, né? Ele diria para ambos: "NÃO VAI SUBIR NINGUÉM!!!" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Quem vai ser o grande artilheiro dessa copa eu não sei, mas vai ser impossível bater o artilheiro de todas as copas: o nosso fofinho, Ronaldo.
    : )

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  89. "...E antes que eu me levantasse e fizesse uma continência gritando "Sim senhor!!!" (de onde tirei essa continência?!)"

    Ahahahahaha!!!!!!!!!!
    Vc é um sarro quando escreve coisas como essa!!!!!!

    Mulher, te digo uma coisa: existe sim um grande respeito do 'Jack' por vc...
    O mesmo que existe aqui, de todos nós, pelo que vc é: uma adorável mulher, agradabilíssima e inspirada escritora, e uma excelente policial!

    Meus sinceros e carinhosos abraços!

    ResponderExcluir
  90. Oi Sylvio...

    Olha, eu disse "me chama de largatixa", não disse: "Diz que eu sou um sarro!" hehehehehehe É, não deixam de ser expressões sinônimas.
    kkkkk

    Você é bom nisso de elevar a auto-estima das mulheres, né? Bom saber... rs rs rs

    Um beijo e um abraço forte.

    ResponderExcluir
  91. hehehe! Deve ser excitante trabalhar com um colega tão tão... Quem sabe você não chega lá antes dos dez anos de casa? :)

    ResponderExcluir
  92. E é importante buscar ser um bom profissional, mas eu quero ser um homem por inteiro, com todo o peso que e signo que é atribuído. Vou trilhando o meu caminho, já não me faltam muitos anos.

    ResponderExcluir
  93. Olá, minha amiga!
    Olha, incrível como você escreve bem. É o maior prazer ler suas postagens. Parabéns por elas e pelo blog, que tem uma divisão muito bacana, toda no "esquema" policial. ;)
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  94. Clarinha!

    É bom demais, linda! E te dá essa vontade de crescer, de melhorar, de ser grade, sabe?

    Espero um dia, poder influenciar outros a serem melhores profissionais do que são.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  95. Oi Rafiki...

    Por mais que a gente admire alguém, por mais que esse alguém nos influencie, por mais que a gente deseje ser como outrem... sempre estaremos trilhando caminhos únicos, singulares, ímpares.

    Também quero ser uma mulher completa, inteira, plena, embora eu tenha consciência de que temos papéis demais pra desmpenhar. Nesses papéis sempre um será prestigiado em detrimento de outro.

    Acho que é aqui que entram os valores pessoais. A história de cada um é escrita em cima do jeito como a pessoa decide sua escala de valores.

    Já disse. Você, gasta tão poucas palavras, e me faz refletir bastante.

    Obrigada.
    Beijão.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  96. Olá Dr. Wolber!

    Agradeço por ter voltado, conforme prometido no comentário anterior. De fato não sei bem a que devo a honra, mas fico felicíssima por estarmos "trocando figurinhas".

    Admiro muitíssimo o seu trabalho!

    Um beijo desta sua fã.

    ResponderExcluir
  97. Olá, minha amiga! A honra é toda minha!
    Você além de escrever muito bem, tem histórias interessantíssimas e, o melhor: sensibilidade para trabalhar com elas.
    "Taí" o motivo do retorno! ;)
    Eu que agradeço!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  98. Dr. Wolber!

    Que gostoso ler um comentário tão incentivador. Eu realmente gostaria de corresponder a esse seu "diagnóstico", então, agradeceria de coração qualquer crítica ou sugestão que puder me prescrever.
    : )

    Super obrigada!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  99. Queridona.... como vc é espirituosa. Oquei vai, eu venho aqui 1x por semana, mas não comento. Vou começar a me emendar.

    Quanto às cartas nas mangas da sea linda, acinturada e chiquézima jaqueta de couro, vou concordar que vc tem toda razão. Guarde-as!

    Então entre uma lance e outro, curtirei minhas dúvidas com mais sabor ainda.

    beijão

    ResponderExcluir
  100. Oi Walkyria!!!

    Caracas... esse pessoal cult é fogo! Lá vou eu para o dicionário saber que raios significa ser uma pessoa espirituosa... rs rs rs
    : )

    Ahhh... ok. hehehe Obrigada pelo "espirituosa". Gostei desse "espirituosa", tô até mais afim de ser "espirituosa", sabe?

    Mas... agora é a minha vez de perguntar... bonita. Você me coloca no pau-de-arara assim com todo estilo e glamour e acha que vai ficar por isso mesmo????

    Senta aqui no banquinho da verdade e confessa: Onde foi que a senhorita aprendeu essas técnicas de interrogatório?

    Uahahahhahahahahah

    Uau... ganhei até um link no blog dela!!!!
    Morram de inveja todos que não têm um link no blog da Walkyria.

    Beijos, linda!

    ResponderExcluir
  101. As vezes você é má...

    Isto é bom...

    Hua, kkk, ha, ha, sobre a parte de ver o politico se reduzir ao devido lugar.

    Fique com Deus, menina Mulher na Polícia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  102. Daniel,

    Então eu sou má, e você acha isso bom???
    kkkkkkkkkkkkkkk

    Você é muito divertido, Dani!
    Obrigada por ter dado essa "passeada" pelo blog.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  103. vou te seguir...
    vou te linkar...
    adorei
    imagine o Kieffer aqui bem destacado.
    luxo!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  104. Oi Vó!!!

    Luxo é a visita da senhora aqui!!!
    Vou te linkar também, tá?

    Obrigada pela visita!!!
    Seja muito bem-vinda!!!

    Beijo grande!!!

    ResponderExcluir
  105. Olha, se impoe, não deixa ele sair enquanto vc fala. Isso é grosseria e aí ele já perde metade do fascinio. Concorda?

    Uma coisa que seu texto me fez pensar é de como a classe privilegiado do país se sente tão confortavel em taxar servidores do Estado de seus capachos. Enquanto que a máxima de qualquer paiseco que se diz democrático é estabelecer que os serviços da policia, por exemplo, seja para todos que compõe a sociedade.

    Reparou que seu amigo usou de muita linguagem do corpo para dominar e equilibrar a conversa com o político? Acho interessante quem consegue isso.

    bjs

    ResponderExcluir
  106. Oi Mari!!!

    Nossa! Linguagem corporal é tudo aqui, amiga. Ainda quero fazer um post sobre isso. Foi bom você ter tocado nessa questão. Eu não consigo ainda dizer muita coisa com a postura... às vezes exagero, às vezes deixo a desejar. Vou calibrando aos poucos, né?

    Obrigada por sua participação aqui!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  107. aiiinnn, meoo homem assim é tudo de bommmm!!!

    ResponderExcluir
  108. hehehe

    Gostou dele né???
    hahahahaha

    Um beijo!
    : )

    ResponderExcluir
  109. Vc descrevendo a quase continência me fez rir de fato!
    Vc me lembra sabe quem: A Sandra Bullock!: linda, esperta, engraçada, forte, sensível, corajosa.

    O Rafik tem razão... Mas, creio que um cara como ele é o que é; isso não quer dizer que queiramos, de verdade, ser como ele. Né? Eu sei que não, que foi só uma maneira de falar do Rafik: que ele, o Jack, seja sempre ele, cada vez melhor; e nós, que sejamos sempre nós, cada vez melhores também!
    É o que nos desejo!

    Bjus!

    ResponderExcluir
  110. Sylvio,

    Também sou muito fã dos filmes da Sandra Bullock. Aquele "28 Dias" então... excelente!

    Mas você disse 6 elogios numa frase só? Uau! Isso é muito pra mim... querido.
    rs rs rs

    Assim vou ter que arrumar uma foto da Sandra Bullock para colocar no próximo post.
    : )
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dando uma olhadinha geral, vi que este é meu segundo coment; não tinha percebido que eu já estivera aqui...
      Só para constar: a Wall(kiria) foi-me apresentada num show de dança cigana por minha irmã..., que pratica esta arte; são amigas a um tempo.

      Abraços.

      Excluir
    2. Ela é formada em filosofia, na USP. Estudou com a Marilena Chauí. De família rica, extremamente inteligente, fez sua vida sozinha; escreve muito bem, ótimo texto, sensível, também dá umas poetadas. Viaja, é antenada. Tem uma veia artística desenvolvida. fotografa bem, é simpática, e tem os cabelos cheirosos (num abraço de despedida, dei uma fungada nos dela. Rsrs!!)
      Não tenho um contato com ela mais próximo; pelo que sei, essas sumidas dela é mó normal; quando dá aquele 'pinnn!', ela aparece. Rsrs!

      Beijo.

      Excluir
  111. Me amarrei na comparação!
    Conheci alguém deste jeito na minha área de trabalho, o cara simplesmente é o máximo, sou fã de carteirinha dele!
    E lógico que eu grudei e aprendi muito o tempo que ele esteve trabalhando na mesma empresa que eu.Bjos!!Força

    ResponderExcluir
  112. rs rs

    E eu posso saber onde é que vc trabalhou?
    E o que vc faz hoje???

    Tô ficando curiosa, ué...
    : )

    Um beijo, e muito obrigada por passear pelo meu blog!

    ResponderExcluir
  113. "Eu adoro quando vc "se empolga"!"

    Aliás, estou percebendo...

    :D

    Spartanski

    ResponderExcluir
  114. Qualquer suspiro, e aparece no meu mail o que foi comentado aqui no seu blog. A explicação é simples, né: estou inscrito para recebê-las; não em todos os seus posts, em alguns eu tive que cancelar minha inscrição. Rsrsrs!!!!

    Agente, por causa do coments da sua leitora Nada Mais, vim conferir; e caí aqui, nesta sua deliciosa postagem.
    Depois de 2 anos (ou 3??), imagino qual é sua altura. Mais uns 10 anos, e terei um esboço de seu perfil físico... Ahahaha!!!

    Aqui então, neste cantinho descongestionado (caraca! Será que estou com ciúmes???), dedico a você toda minha consideração e respeito (como profissional, e como pessoa), desejando um ótimo Novo Ano Novo para você, e sua família.
    Um carinhoso abraço, Agente, Novinha, minha querida!

    ResponderExcluir
  115. Kkkk

    É msm Silvão, já faz um tempinho bom que nos conhecemos, né?

    Se você reler todo o blog e uma parte dos comentários, certamente vai ter a "visão melhorada" a meu respeito.

    Kkkk

    Como passa rápido...

    Obrigada pelo carinho. feliz 2013 para vc tbem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não teria a devida paciência, nem tampouco a imensa curiosidade, para correr por inúmeras postagens para ter uma ideia de vc.
      Preencho que não vejo com meu bem querer.

      Abraços.

      Excluir
  116. Sylvio, Feliz 2013 pra você!

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para você também, Spartanski, desejo o mesmo!
      Felicidades e sucesso neste Novo Ano!

      Excluir
  117. ; )

    E eu já tava comemorando...

    Ok, ok...

    Sperta-nski!

    ResponderExcluir
  118. Sabia que sim!
    Inclusive, o mérito não foi tirado não. Devo reconhecer!

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  119. Humm...

    Eu falo gesticulando?
    kkkkk

    Não sei, não.
    : )

    Pode falar...

    ResponderExcluir
  120. Tudo bem... Deixa você...

    Uma hora eu te pego...

    : )

    ResponderExcluir
  121. Tá...
    Estou tentando entender direito.

    Você tá se referindo a que espisódio, exatamente?
    : )

    ResponderExcluir
  122. Você acha ruim - de algum modo? :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  123. Queria saber expor melhor! :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  124. Entendi...

    : )

    Ah, em virtude de meus recentes, porém constantes mal entendidos, estou tentando aprimorar a técnica de interpretação de comentários...

    Desculpe, é só por cautela mesmo.
    : )

    No final era o que eu já tava pensando no começo...

    ResponderExcluir
  125. Você pode perguntar sempre que quiser, linda.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  126. Sylvio...

    Nossa!
    Demoraria um século.
    kkk

    Disse isso na intenção de mostrar alguma coerência entre os textos, no roteiro, talvez, porque no final tudo o que foi dito no passado parece que vai se encaixando no presente e complementando na atualidade.

    Foi uma viagem o que eu tentei dizer.
    : )

    Tava pensando alto.
    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi coerente sua resposta, realmente seus posts seguem uma linha que pode ser seguida, colhendo-se dicas aqui e ali.
      De minha parte me ative na foto em que está atirando (se é que era vc), e na dica do salto.
      O caso é eu não a estou seguindo sistematicamente, tampouco estou focado na descoberta de suas características físicas; ou, onde trabalha (embora pudesse chutar uma cidade).
      Creio que o que faz é correto: dar a trilha para encontrá-la, pra quê?; totalmente irrelevante!

      Abraços.

      Excluir
  127. Spartanski...

    Eu chamo isso de timidez.
    : )

    ResponderExcluir
  128. Tá... mas onde você viu que me preocupo "com e como você viu o quê"?
    : )

    Em outras palavras... com base em quê você diz isso?

    ResponderExcluir
  129. Sério? :) Uma graça mesmo.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  130. Não leve essa frase ao pé da letra.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  131. Calma, maninha.
    Tá tudo bem... eu só estou impressionada.
    : )

    ResponderExcluir
  132. Retira o "só isso"¹ e lê; "apenas isso, maninha".

    Obs.:¹ deu outro tom.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  133. Sylvio...

    Ela tá sumida, né?
    Ou sumiu só daqui?
    : )

    Ela é uma mulher antenada, né?
    : )

    Manda um beijo meu pra ela se tiver oportunidade.

    ResponderExcluir
  134. Impressionada?¹

    Obs.:¹ isso é bom ou ruim?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se é que é algo que se possa definir em "bom ou ruim"...

      :)

      Spartanski

      Excluir
  135. Ou melhor: O "só isso" deveria ter reticências! Descuido meu. ;)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  136. Se fosse, sei lá, outra pessoa, isso seria "assustador".
    kkkk

    Mas tendo sido dito por você, é muito bom, maninha.

    Nunca tinha visto por esse ângulo, e é muito bom quando você me permite ver as coisas pelo seu ângulo.
    : )

    ResponderExcluir
  137. Como disse, ao menos comigo, é exatamente assim que ocorre.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  138. Assusta um pouco você saber que tinha alguém te observando enquanto você tava distraída. Não?

    : )

    ResponderExcluir
  139. Não é propriamente observar; isso seria muito técnico - talvez.


    Explico: Os momentos acontecem e, se estamos diante deles, apreciamos. Não é complexo, é simples. Nem é "proposital".

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  140. Olha:

    "Daqui a uns dez anos você vai ser uma grande policial".

    : )

    ResponderExcluir
  141. "Dez anos... é tudo o que ele¹ tem a dizer a meu respeito."?


    Obs.:¹ ela!

    Ha!

    Spartanski

    ResponderExcluir
  142. Isso tudo foi revanche por causa do Xeque-mate?
    : )

    ResponderExcluir
  143. Quero dizer.: Não estava "revidando!"

    :D

    Spartanski

    ResponderExcluir
  144. Você estudou bem hoje, maninha?

    Como tá o joelho?

    ResponderExcluir
  145. Estou correndo e não dói mais (Graças a Deus). O máximo que acontece é as pernas ficarem um pouquinho doloridas e só.


    Spartanski

    ResponderExcluir
  146. Não é ruim, mas não sei o por quê. :D

    Spartanski

    ResponderExcluir
  147. a) timidez;
    b) insegurança;
    c) falta de autoconfiança;
    d) medo;
    e) trauma.

    ResponderExcluir
  148. Vou correr amanhã, às 7h.

    Para um ex-namorado meu, timidez é sinônimo de medo. Você concorda com ele?

    Quer correr comigo? Que tal fazer o TAF, pra ver como estamos?
    : )

    O que você planejou pra hoje? Seria legal começar o ano com um simulado da prova de APF, não?

    ResponderExcluir
  149. Vais? Quer companhia?


    Timidez.: Medo? Uma regra é que não é.


    Como seria possível taxar assim uma personalidade? De modo tão seco e descuidado? Discordo. Não é tão restrito e "teórico" quanto parece.



    Planejei: dois ciclos completos! com as revisões dos MAPAS de ontem.


    "Mudei o dia D".: Agora, é nas quartas.

    Falas da última prova, maninha?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  150. "Ótimo... por favor!"

    risos!

    Ok.

    ;)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  151. Mesma prova (mesmo número de questões por matéira), mas com questões diferentes.
    : )

    Um simulado.

    (pra fazer um novo diagnóstico. Você acha que tá cedo?)

    ResponderExcluir
  152. Não. Não é cedo. Avancei em umas matérias que perdi ponto, preciso testar.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  153. Uma réplica fiel da prova; perfeito. Obrigada por essa dica, linda! Preciso restringir mais essas provas mesmo.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  154. O TAf então.: corrida. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  155. kkkk

    Você percebeu que entrou na pilha de novo, né?
    : )

    ResponderExcluir
  156. ESse é o momento de respirar, sorrir levemente e dizer: é, aconteceu de novo...


    Não acredito...

    risos!

    Spartanski

    ResponderExcluir
  157. Mas, de todo modo, eu disse uma coisa que você não sabia! Sobre puxar conversa.

    Ha!

    Spartanski

    ResponderExcluir
  158. "Fica sem jeito por que?
    : )"


    Olha a carinha que você coloca? Como vou imaginar que você vai "aprontar" de novo...? Céus!

    risos!

    Status: Entrei na pilha - de novo!

    Spartanski

    ResponderExcluir
  159. Foram quase cretinas aquelas alternativas... desculpe...

    Mas eu apreciei cada palavra da descrição muito bem concatenada do "reservado". Mas, maninha, agora sem pilha... é uma pergunta sincera, tá?

    Onde se encaixa o ficar "sem jeito" nesse conceito de "reservado(a)"?

    ResponderExcluir
  160. "Foram quase cretinas aquelas alternativas... desculpe... "

    Quanta crueldade... risos!

    Spartanski

    ResponderExcluir
  161. De forma ampla, é isso. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  162. Mas se o reservado se preocupa com "o que vão pensar" ele não seria um pouquinho só inseguro?
    : )

    ResponderExcluir
  163. Ficar sem graça ou sentir-se exposto não seriam sintomas de timidez?

    ResponderExcluir
  164. Não vejo assim.

    Um reservado não "se martiriza" com isso.

    Afinal, a sensação é boa; ele interpreta como um momento capaz de tirá-lo de suas reservas. E isso é bom. É muito bom.

    Se os outros não o viam como "humano" normal, que "ri e faz palhaçada"; quando ele expõe isso, sente-se confortável - ou melhor, não só confortável mas, confortavelmente sem jeito.

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pergunta: "Mas se o reservado se preocupa com "o que vão pensar" ele não seria um pouquinho só inseguro?
      : )"

      Spartanski

      Excluir
    2. Essa explicação é um ciclo, praticamente.

      Spartanski

      Excluir
  165. Na minha ótica, maninha... você é reservada, sim... mas na minha concepção tem que ter um motivo pra alguém ser reservado.

    ResponderExcluir
  166. "Ficar sem graça ou sentir-se exposto não seriam sintomas de timidez?"

    Não sei. Não duvidaria se tivessem alguma relação... - talvez.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  167. Então...

    Considero que as alternativas citadas acima são cínicas não por seu conteúdo em si nem mesmo pelo objetivo "maldoso" (grifo seu - kkk) mas porque não é assim tão simples, mesmo, responder a uma pergunta quase existencial, né?

    Não foi maldade, maninha, foi uma "provocação filosófico-antropológica".

    kkkk

    ResponderExcluir
  168. Não! O meu grifo não teve sentido literal - você sabe. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  169. "provocação filosófico-antropológica".


    Estou terminantemente convencida de que você adora provocar! risos! Fofa!

    Spartanski

    ResponderExcluir
  170. Não é uma trilha, pra me encontrar, Sylvio.
    : )

    É uma trilha pra quem quiser encontrar CREDIBILIDADE, COERÊNCIA no máximo.

    Infelizmente se alguém me encontrar um dia o blog morre automaticamente.
    : )

    ResponderExcluir

Confissões